Pithecolobiun Tortum

0
681

Família: Fabaceae (Leguminosae)

Subfamília: Mimosoideae

Nome Científico: Chloroleucon tortum (Mart.) Barneby & J.W.Grimes

Sinonímia: Pithecellobium tortum Mart., Chloroleucon tortum Pittier

Nome Comum: Tataré, Jacaré, Angico-branco, Jurema, Vinhático-de-espinho, Brazilian Rain Tree

Origem: Brasil

Descrição: Árvore com mais de 5 m de altura, muito ramificada, caule e ramos tortuosos, casca descamante e acinzentada. Copa larga, com mais de 6 m de diâmetro, com folhas compostas, bipinadas, paripinadas, cada folha com 3 pares de pinas e cada pina com 5 a 8 pares de folíolos oblongos, com 10 a 15 cm de largura. Folhas com glândulas na raque e pecíolo. Flores brancas, dispostas em capítulos globulares ou em espigas cilíndricas, solitárias ou fasciculadas, axilares ou terminais. Cálice e corola everdeados, perianto de 5 a 6 peças, com o cálice acampanado e pétalas soldadas. Androceu com numerosos estames, alvos, bem maiores que as flores, que são muito odoríferas. Fruto tipo legume, deiscente, retorcido em espiral.

Uso: Planta ornamental para exterior e muito usada em técnicas de bonsai.

Necessidades: Pouco exigente quanto a solos e umidade.

Propagação: Por sementes colhidas diretamente da árvore ou logo após caírem ao chão, estaquia e alporquia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here