Pedras Artificiais – Concreto Estrutural

0
1429

Eduardo Mourão Guedes fez este trabalho no intuito de demonstrar como esculpir sua própria pedra usando para isso um bloco de cimento estrutural medindo 60x40x15. Esperamos que estas fotos possam orientar e ajudar aqueles que buscam na natureza encontrar, sem sucesso, lindas pedras para seu Penjing. Use o bom senso e deixe fluir sua criatividade na criação de lindas paisagens!!!

Estas são as ferramentas usadas para efetuar todo trabalho. O Concreto pode ser encontrado em lojas de material de construção, faça uma busca rápida na Net. Faça um desenho com o formato da pedra que deseja esculpir. Dê ênfase aos contornos e não se preocupe se ele é bi-dimensional pois as marcações servirão de lembretes.

Use regra de três para ampliar o desenho para o tamanho desejado. Seja paciente e calcule todas as medidas que achar necessário pois estas medidas serão sua orientação na hora de esculpir sua pedra.

Passe o desenho para o bloco usando as medidas ampliadas. Use lápis 3B ou lápis de carpinteiro para isso. Usando outra folha, transfira o desenho e crie os detalhes de relevos, volumes e fendas da pedra, use a foto de uma pedra natural para ajuda-lo a copiar tais detalhes. Aproveite para colocar no desenho todos os itens da composições. afaste-se dele e observe toda a harmonia. aumente e diminua o que for necessário para dar equilíbrio a composição.

Não é preciso ser bom desenhista. Coloque no papel as formas que imagina para ver se o resultado final será agradável. Isso poderá servir para orienta-lo na busca da perspectiva correta ao escolher as árvores da composição. Comesse então o trabalho cortando as sobras e marcando as linhas. faça estas marcações um pouco para fora do risco a lápis para que a pedra não fique menor que o projeto. Vá transferindo aos poucos ( conforme for trabalhando) os detalhes do desenho da folha para a pedra. Marque onde ficará os relevos e as fendas e vá trabalhando. Separei aquele pedaço ao lado para usa-lo na base. Use a serra ou serrote para separar pedaços grandes. Vá dando o formato de cima para baixo. Acrescente os detalhes que você colocou no desenho. Comece sempre do alto. Use o formão para cavar, não precisa usar martelo, use apenas a força das mãos para escavar o bloco. trabalhe os pequenos detalhes com as chaves de fendas.

Sepa-rei aquele pedaço ao lado para usa-lo na base. Use a serra ou serrote para separar pedaços grandes. Vá dando o formato de cima para baixo. Acrescente os detalhes que você colocou no desenho. Comece sempre do alto. Use o formão para cavar, não precisa usar martelo, use apenas a força das mãos para escavar o bloco. trabalhe os pequenos detalhes com as chaves de fendas.

Vá esculpindo aos poucos e certificando-se das medidas para não tirar ou deixar partes diferente do planejado. Pare, analise e confira as formas no desenho e volte a esculpir. Use a faca para acertar os contornos. De vez em quando, dê uma parada para respirar e afaste-se da pedra. isso é importante para uma maior percepção de todo o conjunto. Use o formão e a chave de fenda para fazer as imperfeições da rocha. Use a chave de fenda maior fazer as e para as marcas maiores, para riscos e depressões pequenas use a chave menor, mantenha o mesmo sentido das marcas isso é importante ver os detalhes.

Mantenha o sentido dos cortes. Para fazer as marcas crave a chave de fenda no local desejado e puxe-a para fora. Não faça o trabalho de forma linear . Comesse de um lado no alto e termine do outro em baixo. essa leve inclinação dará movimento ao trabalho. Com a faca e o formão vá criando os contornos. Lembrando sempre de manter as devidas proporções estipuladas no desenho. Vá girando a escultura para ter uma visão real de todos os lados. trabalhe-os de forma igual.

Escave cuidadosa mente o local onde as raízes serão ancoradas. Trabalhe as fendas e o local onde as árvores serão assentadas. Crie caminhos para que as raízes cresçam em direção ao solo. Escolha um dos lados para fazer o caminho das raízes ou faça-os dos dois lados. Siga o seu projeto… Ao esculpir não se empolgue e saia retirando material sem critério.Lembre-se de manter as medidas para que o trabalho não se perca. Vá terminando o trabalho e deixe a base por último. Para ter certeza que tudo esta equilibrado, quando unir a base, antes que seque é importante colocar todo o conjunto de pé. Se notar que a estrutura esta balançando faça os devidos ajustes.

Para que a argamassa cole com mais firmeza. Molhe as partes que serão coladas.

É importante que se retire todo o pó para que a argamassa cole com firmeza.

Já com a base esculpida e colada. Para que ficasse firme e sem risco de partir, eu uni os dois pedaços da base fazendo três furos com a Dremel (serve furadeira) em um dos lados que foram enchidos com Durepoxi e em cada furo foi alojado um parafuso. depois de seco as partes foram aproximadas e as posições dos parafusos foram marcados na outra base. Novos furos foram feitos e enchidos com Durepoxi, as partes foram unidas e a emenda foi disfarçada com argamassa. Depois de seco lave todo o conjunto para a retirada do pó. Se notar que ainda há pó dentro das reentrâncias feitas na rocha lave-a novamente. Isso é importante para que a pintura a seguir não solte futuramente.

É hora de começarmos a dar o acabamento final a nossa pedra. Mistura algumas gotas de corante marrom e preto e coloque um pouco de cimento branco ( serve rejunte) acrescente um pouco de água e misture bem até conseguir uma mistura cremosa mais não muito. Para saber se acertou o ponto passe a mistura na base da pedra, se esta cobrir as imperfeições sem contudo tapar completamente as marcas está no ponto certo. usando um pincel fino passe o produto na pedra.

Use mais corante preto que o marrom para cobrir a base e todas as reentrâncias da pedra e use mais marrom que preto para as partes que estão em relevo. Com paciência vá cobrindo a pedra com a mistura. Lembrando sempre que as partes mais fundas cores escura e nos relevo as mais claras. Use três tons para cobrir todo o conjunto. Um macete para clarear a mistura é acrescentar mais corante marrom na mistura mais escura. Vá acrescentando cimento branco aos pouco a mistura. Siga mexendo sempre.

Deixe secar…

Trabalho concluído. Tome cuidado com as partes estreitas elas quebram fácil. Cubra toda a pedra com duas camadas de resina para pedras, aplique mais se preferir. A pedra será plantada e todo conjunto será colocado em um Suiban.

22 de setembro, 2010

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here